CLÍNICA DA ATIVIDADE DOCENTE

Como cuidar da formação continuada e da saúde do professor nas escolas: introdução, teoria, prática e exemplo

Autoconfrontação Simples: o professor “A” observa, descreve e explica um trecho de suas aulas

autoconfrontacao-simples-clinica-da-atividade-docente

Em um primeiro momento da sessão de Autoconfrontação Simples, um dos docentes da dupla de professores do Departamento de Informática, que aqui denominarei provisoriamente professor “A” (PA), observa, descreve e explica um trecho de suas aulas em minha presença e na presença da Pedagoga Doutoranda Dalvane Althaus. A seguir, é possível observar duas imagens representativas desse trecho de aula e parte do comentário do professor sobre elas:

pa1

IMAGEM 1: O PROFESSOR “A” DIGITA INCLINADO

pa2

IMAGEM 2: O PROFESSOR “A” APONTA NA TELA

A:      aqui eu tô digitando… como pode ver… é… na minha opinião tem um problema com os laboratórios de informática… todos… porque a mesa onde fica o computador do professor é baixa… ou seja… para mim… quando eu tenho que falar uma grande… quando eu tenho que digitar uma grande quantidade de código… eu tenho que sentar… então eu fico… assim… eu não consigo ver a turma… fico… na frente do computador… solução para isso… cara… hahn ((risos))… seria comprar bancadas para o professor colocar o notebook… e ficar de pé… digitando… seria uma solução pra aula de informática… pra você não… porque enquanto… aqui ainda eu tô digitando pouco então tô meio… não… não tô sentado…

EU:      tá inclinado?

PA:      inclinado… mas… quando se tem que digitar uma grande quantidade… não tem escapatória… você tem que sentar ali… e digitar

Em meu próximo post apresentarei uma análise clínica desse processo de observação, descrição e explicação.

Como se deu o trabalho de filmagem de aulas?

camera-filmagem-gravacao-clinica-da-atividade-docente-utfpr

Tendo atuado com os professores na análise e problematização das aulas até então apenas observadas e registradas por escrito, o oitavo passo de implementação da Clínica da Atividade Docente na UTFPR-PB foi o de filmagem propriamente dita da atividade de ensino-aprendizagem realizada por meio da interação dos professores com seus alunos. A câmera foi, como é recomendável, posicionada sobre um tripé no canto esquerdo do fundo da sala, de modo que foi possível registrar os alunos de costas (e lateralmente) e gravar os professores de frente, em sua movimentação ao interagir com os alunos. Com esse posicionamento da câmera, como as aulas e as gravações se deram no Laboratório de Informática, foi possível registrar também as telas dos computadores dos alunos, as quais – em relação à localização dos professores, que ficam à frente – se constituem como “pontos cegos” para os docentes.

A montagem do equipamento de filmagem no local teve início aproximadamente 15 minutos antes do início das aulas. Conforme os alunos iam chegando e entrando na sala, inevitavelmente notavam a aparelhagem e demonstravam interesse e curiosidade. Por vezes, conversavam e faziam breves observações bem-humoradas sobre como seria para eles e para os professores a experiência de serem filmados. O fato foi que, como já era de se esperar e como – na perspectiva da Clínica da Atividade Docente – é desejável, os alunos “mudaram” seu comportamento: pareciam mais quietos e demonstravam prestar mais atenção e se concentrar mais nas aulas. Essa “mudança” de comportamento, entretanto, não impediu que se notasse uma vez mais, na aula de um dos professores da dupla, a relativa e ligeira “indisciplina” ou “dispersão” de alguns dos alunos, a qual – como comentei no post anterior – se materializa na forma de algo como certa agitação e/ou movimentação discente.

Esses aspectos, bem documentados pelas filmagens, serão abordados detalhada e profundamente em meus próximos posts, os quais – no nono passo de implementação da Clínica da Atividade Docente na UTFPR-PB, serão dedicados justamente à análise e problematização com e pelos professores de trechos de aula em situação de Autoconfrontação Simples e Cruzada.

%d blogueiros gostam disto: